Long Street agita a Cidade do Cabo

Comentar

África África do Sul

Aqui é onde os turistas acabam a noite. Normalmente, começam pelo Water Front – enorme complexo na marina com dezenas de restaurantes para todos os gostos e… carteiras – e terminam na zona de Long Street, polvilhada de bares. E comércio, para quem a percorre durante o dia.
Dos vários restaurantes experimentados, apenas memoráveis recordações. Gosto do belga em que degustámos o combinado de mariscos ‘à lá 7-0 sobre a Coreia do Norte’, mas certamente que o melhor jantar foi o primeiro, no Blue Dolphin. Nada como comer um bom peixinho (que saudade!!), acompanhado de excelente vinho sul africano (não há dinheiro que pague certos prazeres) e uma excelente banda jazz a colorir a noite. Perfect!!
Já na Long Street, destaco a véspera do desafio com os temerários do ‘querido líder’ Kim Jong-il: o The Dubliner estava à pinha, com excelente musica ao vivo e… poucos espécimes femininos. Snifs… Nem tudo pode ser perfeito.
O ambiente era claramente futebolístico, com alegremente bêbados representantes de várias nações, com destaque para Portugal, Holanda e Inglaterra. Além dos locais “bafana bafana”, claro.

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code