Surpreendidos pelo calão

Em Trânsito Europa Inglaterra


Caralho aqui, caralho acolá…
Valeu-nos a memória “seletiva” do Mike, motorista de autocarro que faz uma das carreiras de Heathrow até Londres.
– Vocês não enganam, são latinos... Italianos?- Portugueses – respondemos.- CARALHO!! – retorquiu.
Estávamos safos, soubemos de imediato. Em vinte e tal minutos, um serviço VIP com entrega ao domicílio: “Hotel Embassador”, na “agitada” Feltham.Para evitar tentações britânicas, optámos, como bons cristãos que os nossos procriadores tentaram que fossemos, por ficar no quartinho de uma bela casa vitoriana, cujo esplendor já se foi há uns aninhos… mas poucos…Ainda no aeroporto, o Loureiro corou… vermelhou… roxou… Pareceu-nos que eram gases, mas foram apenas os nossos amigos da alfândega com razoáveis dúvidas quanto à validade e “integridade” do seu passaporte. A uma distância segura, ainda mandámos umas “bocas” para o relaxar, mas o efeito era o mesmo de um clister super-sónico.
Até pela cara das autoridades, achámos por bem parar… Acabou por sair em ‘liberdade condicional’ três minutos depois…O vôo da BA foi calminho…. tal como a viagem Porto-Lisboa, no “série 1” do Carlos. Do Loureiro, refira-se. A viagem vai ser uma embriaguez, com um Loureiro e um Morais, ambos batizados com o belo nome de Carlos. Valha-nos um Rui para desenjoar…Daqui a umas horas, 10:00 em Portugal Continental (mais hora, menos hora para os nossos amigos dos Açores) estaremos a levantar… vôo :)A hora a definir, estaremos em Nairobi, a verdadeira primeira etapa deste trio…
(Viagem a África, 2009 – africatrio.blogspot.com).

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?