BZZZZzzzzz!!!

América do Sul Colômbia

Sei que não sou um doce. Nem docinho. Se duvidas tivesse, Tayrona e os dias seguintes dissiparam-nas.
Não uso repelente de mosquitos. O Zé Luís encharca-se nesse líquido pegajoso. Assim sendo, por que raio leva ele com as picadas TODAS??? Mistérios da vida eh eh
Não sou invejoso, mas ele é um egoísta. Ao chegar a Cartagena contamos mais de 20 picadelas… apenas entre o pé e o joelho direito. Mas picadelas visivelmente orgulhosas. Que deixam marca. E que marca!
O doce veneno chegou mesmo a provocar três bolhas enormes em encantador amarelo-alaranjado. O Zé mal podia andar. Baaahhh… um queixinhas!!
Fomos à farmácia. Optamos pelo método tradicional: rebentar as aleivosas com agulha e muita água do mar.
Resultou! Mas passadas umas horas, não era bonito ver o dito líquido viscoso descer e colorir os seus tornozelos. Nada que afetasse a MINHA boa disposição lol
Moral da história: Zé, para a próxima vez que gozes as dolorosas feridas provocadas pelos novos chinelos nos meus cândidos pezinhos, e que me limitaram em Tayrona, think twice!!
As melhoras, companheiro!PS: Sim, são plásticos que adaptei aos meus pés para evitar que a areia me fizesse sangrar ainda mais…

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?