Tags:

Contrarrelógio

Europa Portugal

O despertador não  trouxe entusiasmo. Também nao chegou a ser irritação. Deitara-me com vista dorida e mente cansada. O trabalho arrastara-se após a meia noite e o descanso não abundado.
Banho desperta-me. Apressado, mastigo algo e voo para o ‘povo portuense’. Paulo Jorge espera-me. Seguimos para o banco e em meia hora ganhamos fôlego para mais uma semana de gestão, de apoio social.
Escapada a supermercado para  preventivas barritas  de cereais. Cozinho algo simples enquanto me divido entre o empacotar a mochila e tentativa de reservar estadia. É sexta-feira. E quero chegar despreocupado. Ainda não imaginava…
Done!
Passo largo para o metro. Aeroporto. Apenas 45 minutes para a descolagem.
Internet para tentar validar estadia. Muito lenta. E nao consigo. Na pratica, chegarei ao final da tarde a uma cidade sem saber se tenho onde pernoitar…
O sol que me acompanha todo o trajeto, esconde-se quando sobrevoo os Alpes.
Quando deixo o aparelho, temperatura amena em aromas rurais. Que me transportam à infância.
Em minutos estou a caminho do centro. Já respiro outra cultura….

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?