Lake Matheson

Nova Zelândia Oceania

A foto que ilustra este blogue (australianovazelandia.blogspot.com, escrito em 2010) é do lado Matheson. Por isso mesmo, é óbvio que seria um dos locais de visita obrigatória. O curioso é que, com tantos e tão fantásticos locais para visitar, fomo-nos perdendo. E quase o falhávamos…
Mais uma vez, protegidos pela sorte. Regressávamos a “casa” após visitar o glaciar Fox e eis que vejo uma placa a indicar Matheson Lake, a seis quilómetros.
“Não pode ser. Nem sequer está aqui indicado no mapa”, surpreendo-me, em voz de espanto. Ainda assim, viro e sigo na direção indicada.
A meio, ainda decidimos dar a volta, mas, na única rua de Glaciar Fox (a terrinha que dá apoio aos turistas o visitam) confirmámos a indicação e optamos, definitivamente, por dar nova meia volta e ir até ao fim.
Sim, é verdade. Estamos perante mais uma das belezas ímpares da Nova Zelândia. Pena é que o seu expoente máximo seja às 05:00, com as águas paradas e um misto hipnotizante de cores…
Aqui, confirmámos que 10 por cento do território do país é protegido pela UNESCO, classificado como beleza natural da humanidade. É preciso dizer mais?.

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?