COROMANDEL

Nova Zelândia Oceania

Os 900 quilómetros contratados com a rent-a-car foram amplamente superados. Agora que registo esse facto, recordamos que não fazemos ideia quantos fizemos a mais. O limite já tinha sido ultrapassado enquanto “navegávamos” em Coromandel. Em boa hora.
Este cantinho paradisíaco foi, para nós, o must da ilha norte. Uma região desenhada em deliciosas curvas e contra-curvas em que o olhar está permanentemente a ser surpreendido por visões cada vez mais belas. Verdes… azuis… castanhos… a trajar de gala uma natureza tão impressionante quanto bela.
Apertados de tempo, acabámos por não usufruir, como desejávamos, de todo o esplendor da vasta Coromandel. Apenas algumas fotos e imagens para recordar o momento. Quantas vezes parámos em zonas proibidas e algumas vezes não tão seguras só para poder captar o momento, usufruir dele por breves instantes.
Depois de deambular por entre montanhas, as nossas expectativas mantiveram-se claramente em alta com uma costa de fantasia, tal como a estrada que acompanha o aconchegante mar durante quilómetros sucessivos.
Aqui respira-se natureza. Aqui, as pessoas sorriem como em poucos lugares.
É sexta-feira e, a caminho de Auckland, cruzamos-nos com sucessivos carros com o seu barco atrelado. Este lugar faz-nos sonhar. Coromandel transpira ilusão e qualidade de vida….

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?