Lalibela

África Etiópia

Património Mundial da UNESCO, é uma cidade extremamente isolada ao centro/norte da Etiópia. Tem estatuto internacional pelas suas 11 igrejas monolíticas, esculpidas na rocha.Decorria o século XII quando o rei Lalibela as mandou construir. Tudo por causa de um ‘sonho’ com Deus, que lhe transmitiu a missão. Àquela altura, os cristãos tinham por tradição visitar ao menos uma vez na vida a cidade de Jerusalém (como hoje os muçulmanos fazem com a cidade de Meca, o seu centro religioso). Como Jerusalém estava dominada pelos árabes, os cristãos não podiam exercer essa tradição. Assim, enquanto os católicos europeus se viraram para Roma, Lalibela decidiu construir uma réplica de Jerusalém no seu reino.A Etiópia tem uma das mais antigas tradições cristãs. Para os seus fiéis, de tradição copta, a peregrinação a Lalibela tem o caráter de uma viagem a Jerusalém..

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?