Tags:

Paola & Augusto‏

África Etiópia

“Sou italiana, mas vivo em Portugal há 43 anos”, diz-me Maria Paola, 69. Os seus olhos estão ávidos da minha resposta. A pergunta foi em simultâneo. A gentileza deu prioridade à minha interlocutora.“Tenho os mesmos 43 de vida em Portugal. E sou mesmo português”, gracejo, já perante o sorriso luminoso da minha nova amiga.Paola não está só. “Tens de conhecer o Augusto. Também vive no Porto. Vem comigo”. Deixamos a recepção do Ghios e vamos pelo jardim ate à esplanada do quarto. Augusto organiza fotos. De aves. Boa parte das suas inúmeras viagens pelo Mundo tem a ver com  a observação de aves.Em cerca de 10.000 espécies diferentes, já está bem perto da metade. “A Etiópia é excelente país para o bird watching. Há um verdadeiro turismo de luxo, mas sou mais independente”, diz Augusto, 46 anos.Ele, professor universitário de veterinária no ICBAS. Ela, dona de restaurantes italianos. No Porto e Lisboa. Casad’Oro na Invicta. Casanostra e Pizza Pezzi na capital. Vive no Algarve. À última hora, juntou-se ao amigo de longa data. E o acaso juntou-nos na Etiópia. Esta dupla improvável cedo virou trio. E como é fácil, quando se conhece  gente fantástica….

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?