Tags:

Geórgia

Geórgia Médio Oriente

A Geórgia é um país situado no Cáucaso, na fronteira entre a Europa e a Ásia. Limita a norte e a leste com a Rússia, a leste e a sul com o Azerbaijão, a sul com a Arménia e a Turquia e a oeste com o mar Negro. Tbilisi é a capital e maior cidade. Considerada uma nação transcontinental, a Geórgia tem um território de 69.700 km² e sua população é de quase cinco milhões. O país é uma república unitária, semipresidencial, com o governo eleito através de uma democracia representativa.Reinos pagãos da região  adotaram o Cristianismo no início do século IV. O Reino da Geórgia atingiu o auge de sua força política e económica durante o reinado de Davi IV e Tamara I, nos séculos XI e XII. No início do século XIX, a Geórgia foi anexada pelo Império Russo. Depois de um breve período de independência, após a Revolução Russa de 1917, a Geórgia foi ocupada pela União Soviética em 1921, tornando-se a República Socialista Soviética Geórgia e parte da União Soviética. Após a independência, em 1991, a Geórgia pós-comunista sofria de distúrbios civis e de crise económica na maior parte do século XX. Isso durou até a Revolução Rosa de 2003, quando o novo governo introduziu reformas democráticas e económicas.A Geórgia é um membro do Conselho da Europa. Tem duas regiões de facto independentes, a Abecásia e a Ossétia do Sul, que ganharam reconhecimento internacional limitado após a Guerra Russo-Georgiana. A nação – e grande parte da comunidade internacional – considera as regiões como parte integrante do seu território soberano, sob ocupação militar russa..

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?