MESTIA já tem legado português

Geórgia Médio Oriente

Os museus de Mestia mostram as belas histórias da região. Os visitantes (ainda) escasseiam, mas o etnográfico ombreia em modernidade e bom gosto com qualquer um do seu tamanho de toda a metrópole do planeta. A futura pista de ski, alegadamente pronta em quatro anos, dará outra vida e ritmo à muito bem conseguida instituição.
Há um restaurante-bar na praça principal que reúne outro tipo de ‘história’. Conta um pouco sobre os que o visitam e se encantam por estas fantásticas paragens. É aí que entra o primeiro grupo BornFreee Experience. Debate ao saborosíssimo almoço (um dos melhores desta saga) sobre algo que nos identifique. Que conte um pouco da nossa história.
A bandeira de Portugal. A Torre dos Clérigos, a ponte D. Maria, um barco Rabelo e uma garrafa de vinho do Porto foram candidatos assumidos. Grande discussão. And the winner is… O galo de Barcelos!
A Isabel tem uma foto da colorida estátua no centro histórico da cidade. E a Ana tem um traço firme e fiel. No fim, uma verdadeira e original obra de arte. A parede fica com uma crista sui generis, feita de pétalas de rosa. Há espaço para notas musicais e referência ao Porto.
“Sem dúvida, uma intervenção singular”, admite a gerente. Depois do brilho, nada como mudar de paragens. Embora custe deixar este paraíso despedir-se lentamente do nosso olhar….

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?