Tags:

30 hours to GOOOO!!

Europa Portugal

Poucas vezes irei levantar voo com tanta necessidade de aterrar. Literalmente. Numa cama. Imperativos de serviço, exigências de projetos, necessidade de atividade, cuidados com os amigos têm-me afastado, mais do que o aconselhável, da cama. E do tempo de qualidade nela.
Sonho antigo a caminho de ser concretizado. Juntar o útil ao agradável. Aliar trabalho e lazer, devidamente separados. Estanques.
Faltarão umas 30 horas para partir e sobeja-me o que fazer. Em todos os meridianos da vida. Exaurido (há quanto tempo queria “forçar” o uso deste sinónimo de exausto) desta azáfama, tenho sido seduzido pelo café, que sempre odiei, a níveis que não pretendo. Dessssccccooomprimmmmmiiirrrr…
Quando o avião levantar, sábado às 06:00, terei no corpo apenas um par de horas de descanso. O esquema de trabalho diz que que estou naquela semana da “meia-noite”, o que acontece a cada mês e meio. Haverá alturas com melhor sorte.
Dez (10!!) horas de escala?? Mais esta?? Ninguém merece… Desisto (apenas de continuar o texto, claro…)…  .

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?