Tags:

DALI

Ásia China

Um dos destinos turísticos mais populares do Yunnan – rivaliza com Lijiang -, conhecido pelos belos cenários naturais, pela história e pela herança cultural, com destaque para as etnias Bai e Hani.
Em tempos, teve significativa presença muçulmana e foi até o centro da revolução Panthay contra a reinante dinastia Qing (1856-1863). A cidade foi severamente danificada no terramoto de 1925, destruindo muita da herança arquitetónica com mais de seis séculos.
Igualmente famosa pelo mármore (“Dali stone” significa mármore em chinês), Dali viu o seu governo optar por separar a cidade velha do desenvolvimento (“new city”), aposta sensata e mais do que ganha, como o comprova o turismo, um “mal” inevitável..

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?