Tags:

Impressionante Terra do Fogo

América do Sul Argentina

É só quando me fixo no estreito de Magalhães que o meu nariz não descola mais da janela. Em frustrante lugar de coxia, vou para ‘cima’ das duas companhias de viagem. A holandesa guia turística em Ushuaia não se vai importar. Vai à janela. Entende o meu entusiasmo…
Em 2006 fiz este trajecto de carro. Zé Luís e Carlos completavam um trio que durante uma década visitou, junto, mais de um terço do planeta.  Atravessar o caminho que Magalhães descobriu e imortalizou há cinco séculos com a autonomia de o fazer de carro é algo sem preço. Prometi voltar e não imagino melhor momento para honrar palavra dada.
A paisagem revolta-se em picos selvagens que ameaçam céu de algodão doce. Parecem ousadas estátuas, altivas no gesto. Nobres no ser. Sob nós, impressionantes montanhas. Envolventes lagos. Serenos vales. Neve de ingénua brancura. Ausência total de traço humano…
Ushuaia, a desejada, urge então: estende-se à minha direita. Surge como musa. Sinto-me marinheiro prestes a reencontrar a sua sereia. Nesta perspetiva, com o dia a desmaiar, reinam tonalidades de postal. Aquelas que se eternizamem nós. Oaeroporto é pequeno. Saímos rápido.  
Em 10 minutos estamos em casa: Ro preparou o jantar que Rita, Mariana, Raquel e Cristóvão partilham com inegável prazer. Chego com Sandra e Carla. O reencontro é efusivo. As manifestações de genuína alegria efémeras. Importa sentar. A comida está quentinha e sobra vinho argentino para celebrar….

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?