Bhaji brindil (Índia)

Comentar

Ásia Receitas do Mundo

O bhaji brindil é uma das receitas indianas de bhaji mais conhecidas, mais deliciosas e que nos proporciona uma bela aventura entre o sabor doce e picante.

Na confeção desta receita indiana, vamos usar a beringela mas podem usar-se outros vegetais em alternativa como, por exemplo, courgettes, batatas, pimentos ou qualquer combinação desses vegetais para obter a sua versão pessoal do bhaji brindil, mantendo o mesmo molho.

Preparação

25 minutos | Tempo de confeção: 25 minutos

 

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Calorias 117 Kcal

Açúcares 8 g

Proteínas 3 g

Gorduras 8 g

Hidratos de Carbono 9 g

 

INGREDIENTES (4 PESSOAS)

  • 500 g de beringelas às rodelas
  • 2 colheres de sopa de ghee vegetal
  • 1 cebola cortada em rodelas finas
  • 2 dentes de alho cortados às rodelas
  • +/- 2,5 cm de raiz de gengibre fresca ralada
  • 1/2 colher de chá de açafrão-da-índia em pó
  • 1 malagueta vermelha seca
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 400 g de tomates enlatado
  • 1 colher de chá de garam masala

Ramos de coentros para guarnecer

 

PREPARAÇÃO

– Corte as rodelas de beringela em tiras da largura de um dedo.

– Aqueça o ghee numa frigideira. Junte a cebola e cozinhe em lume médio, mexendo constantemente, durante 7-8 minutos até ficar muito macia.

– Adicione o alho e as tiras de beringela, aumentando depois o lume para cozinhar durante 2 minutos.

– Junte o gengibre, o açafrão-da-índia, a malagueta, o sal e o tomate, juntamente com o sumo do tomate da lata. Use a parte de trás de uma colher de pau para desfazer os tomates. Cozinhe, destapado, durante 15-20 minutos até a beringela estar muito macia.

– Adicione o garam masala. Cozinhe durante cerca de mais 5 minutos.

– Transfira o bhaji brindil para um prato de servir aquecido. Guarneça com raminhos de coentros frescos e sirva imediatamente. Pode servir acompanhado de uma salada vegetariana ou de pão naan.

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code