Lisboa tem um novo admirador: FORBES.

Comentar

NOTÍCIAS

Adivinhem quem acaba de revelar forte paixão por Lisboa? Pois… também a prestigiada Forbes se juntou à extensa lista. Dias depois da CNN se enamorar pelo Porto e Norte de Portugal, agora é a capital a merecer novo destaque internacional de uma das mais prestigiadas publicações do planeta.
“É adorável disfrutar uma semana em Lisboa sem agenda, perder-se no túnel do tempo dos bairros históricos, no prazer do marisco fresco, no por do sol à beira-mar ou no redemoinho de festas na rua após a meia-noite”, escreve a jornalista, que avisa logo que “há mais do que 12” motivos para amar Lisboa.
Ann Abel destaca a boa relação qualidade-preço, lembrando que se trata da “capital mais barata da Europa ocidental”, elogia a “segurança” de Lisboa e embeiça-se pelas “estreitas ruas empedradas, subindo as muitas colinas da cidade”.
O mercado da Ribeira, o Palácio do Chiado, o Bairro Alto, o Príncipe Real, a ginginha, o Parque das Nações, o chef José Avillez, o Sky Bar, a Vida Portuguesa, a cervejaria Ramiro… são muitas as referências à cidade tão “cheia de alma quanto alegre”.
O trabalho não esquece a “arquitetura e os belos palácios” e aconselha as inevitáveis visitas a Sintra e Cascais e enfatiza a personalidade dos “acolhedores” portugueses, com motivos de sobra para estarem “orgulhos da cidade a que chamam casa”.

Artigo original:
http://www.forbes.com/sites/annabel/2016/08/18/12-reasons-to-love-lisbon/#3e4a0adf5cc0

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code