BEIGLI (Hungria)

Comentar

Receitas do Mundo Sem categoria

E porque o Natal já espreita entre os dias, queremos partilhar convosco as receitas típicas desta época festiva em alguns cantos do mundo! Hoje a proposta é uma “doce” visita à Hungria através da confeção de um beigli!

O beigli é uma torta recheada com um creme de frutos secos, doce de damasco, maçãs e sementes de papoila.

 

Ingredientes:

Para a massa
  • 1 kg de farinha
  • 1 pitada de sal
  • 30 g defermento de padeiro
  • 50 g de açúcar
  • 500 g de margarina
  • 8 gemas + 2 ovos p/ pincelar
  • leite q.b.
Para o recheio
  • 2 maçãs raladas
  • 250 g de açúcar
  • 200 ml de leite
  • 300 g sementes de papoila moídas
  • canela em pó
  • doce de damasco b.
  • passas q.b.
  • raspa de 1 limão
  • rum ou mel (opcional)

Preparação:

Misture a farinha com o açúcar, o sal, as gemas e a margarina.

Junte o fermento com um pouco de leite morno açucarado, juntando depois mais leite até obter uma massa não muito dura. Amasse até se desprender dos dedos.

Cubra a massa e deixe-a repousar durante 10 minutos.

Divida a massa em 6 bolas iguais e forme retângulos finos com um rolo de massa. Reserve.

Para o recheio, ferva o leite com o açúcar, juntando depois os restantes ingredientes.

Divida o recheio pelos retângulos de massa, enrole-os e coloque-os num tabuleiro untado com manteiga. Quando estiverem dispostos no tabuleiro, pique-os com um garfo.

Pincele os rolos com os 2 ovos batidos e leve a cozer no forno a temperatura média.

 

Tomamos a liberdade de sugerir que prepare um bom chá para acompanhar esta delícia!!

Bom apetite!!

 

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code