Casa das Anas: paixão & excelência no Alto Minho

20 Replies

Em Portugal

As fotos prometem. A realidade confirma: a paixão é imediata! A Casa das Anas é, efetivamente, um lugar muito, muito especial. Ao ponto de nos fazer sentir ‘melhor’ do que no nosso lar. Pela decoração. Pelo ambiente recriado. Pela vista soberba. Por cada lágrima e suor que Ana Cláudia e Rui Silva colocaram no projeto de uma vida. Que alimentam, diariamente, com o mais genuíno de si. Fazendo-nos sentir, verdadeiramente, família. Amigos próximos.

As qualidades são tantas – e tão genuinamente ‘intensas’ – que até me esqueço de referir a ampla piscina, abraçada por relva super bem tratada e ‘decorada’ com espreguiçadeiras que nos deliciam em longas tardes soalheiras… em plena Reserva Ecológica Nacional, com balcão para a tranquilidade e beleza do Vale do Neiva.

As vistas são realmente cativantes. 180.º de pura magia sobre ondulantes verdes salpicados por habitações rurais, que nos lembram que este lugar é ‘humano’. Ou, melhor, vivo. Não esqueço o vasto rebanho de ovelhas que se interpõe no meu regresso a casa. E que na manhã seguinte, novamente guiado pelo seu fiel pastor, desfila mais abaixo, pastando serenamente num horizonte redentor. Colorido pelo tranquilizador chilrear de aves…

Esta paz pode ser apreciada em dois alpendres. Estes ‘decks’ nos socalcos da natureza que nos protegem do sol excessivo ou, no inverno, de chuva que nos quer empurrar para o interior da habitação. Que é um regalo para qualquer dos sentidos.

 

As suítes Beatriz e Matilde, filhas do par e que também ostentam o nome Ana, são a imagem de todo o projeto: Amor. Detalhes. Cuidado. Romantismo. Bom gosto. Sábia conjugação entre o tradicional rural e o conforto da modernidade. O contemporâneo que ajuda a realçar as origens da casa, com muitas peças de afeto familiar. E um conjunto de pequenos segredos que vamos descobrindo à medida que vamos explorando a Casa das Anas. As (boas) surpresas estão por todo o lado…

Aqui temos tudo o que precisamos para uns bons dias em grupo, seja família ou amigos. O Mundo exterior pode muito bem ficar onde está. Com os mantimentos adequados, temos tudo para desligar. Para mergulharmos na mais cativante natureza. E se as vistas, a piscina, as bicicletas BTT – ou outras atividades radicais possíveis, já que o casal detém a Alternativa XL, empresa de desafios turísticos – e as novas tecnologias não bastarem, temos livros ou vários jogos de tabuleiro para que nenhum segundo seja desperdício. E as crianças não são esquecidas, com brinquedos e jogos para seu deleite e entretenimento.

“Este projeto demorou imensos anos a ser concretizado. Foram muitas lutas e sucessivos obstáculos. Concluído, só poderia ter aqui muito de nós: amor. Entusiasmo. Cuidado. Ao mais ínfimo detalhe. Quem nos visita chega como hóspede e despede-se como amigo, como família. E só assim concebemos a Casa das Anas”, refere a acolhedora dupla, que se mudou da Covilhã para restaurar obsoleta residência dos anos 50 e coloca-la ao dispor dos apreciadores da natureza desde 2014. E já referi os mimos (também) à gula? Vinho. Enchidos. Queijo. Compotas… TODOS os pormenores que fazem a Casa das Anas um caso à parte no turismo rural.

Mantenho-me na dúvida sobre o meu momento preferido do dia. O despertar com os sons da natureza? As preparar as refeições na ampla e moderna cozinha? As horas espraiado nas espreguiçadeiras? A piscina com horizontes impressionantes? Ou as noites estreladas, novamente ao som do mais puro ambiente rural? Difícil encontrar mais adequado para fugir da azáfama do dia a dia e recarregar baterias. Aqui, conseguimos estar longe de tudo e de todos, assim o queiramos. Um verdadeiro meio de serenidade. Um paraíso no sossego de paisagem deslumbrante. Em caloroso aconchego…

Esta arrebatadora varanda para o Alto Minho tem Ponte de Lima, a mais antiga vila de Portugal, a escassos 10 quilómetros.  Uma das localidades mais históricas em emblemáticas do país a dois passos. As entusiasmantes Braga, Viana do Castelo, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez, Gerês… tudo à distância de um piscar de olhos.

No Booking está pontuada a 9.4. O feedback no livro de visitas não engana. Qualquer que seja a língua – e são várias – percebemos que não estamos sós no encantamento. BornFreee já andou por mais de 100 países e poucas vezes se rendeu assim a uma ideia de turismo rural.

“Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter…”, diz-nos Fernando Pessoa. O poeta deveria ter passado por aqui…

 

Casa das Anas

www.casadasanas.pt

Travessa do Rainho, 227, Anais. Ponte de Lima.

Telefones: 253 926 339 – 962 778 173 – 969073094

E-mail: geral@casadasanas.pt

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

20 comments

  1. Tina Wells

    Que lugar mais encantador. É o tipo de lugar que eu procuro quando quero relaxar, descansar de tudo! Muito aconchegante e cheio de charme em cada detalhe!

  2. Travel Lover Blog

    Post muito bom e as fotos estão fantásticas :)Alto minho é uma zona muito bonita de se visitar e tem muitos lugares que muita gente desconhece! Excelentes dicas 🙂 Andreia e Rui

    1. Rui Batista Post author

      Andreia e Rui, no vosso lugar “corria” para lá 🙂 Beijinho e boas viagens…

  3. Grace

    Ja conheço já la estive duas vezes e é o lugar e a casa mais linda que conheço! Sossego absoluto so se ouvem os passarinhos e a natureza ! Tem sol o dia todo e um horizonte a perder de vista!
    Para quem gosta de sossego e beleza !

  4. Lid Costa

    Achei bem charmoso o lugar e parece que tudo é cuidado com muito carinho. Parece o lugar ideal para fugir da correria do dia a dia e descansar.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code