Ovos à flamenca (Andaluzia, Espanha)

Comentar

Receitas do Mundo

Hoje viajamos até à Andaluzia, um paraíso onde coabitam memórias arquitectónicas e culturais que cruzam heranças árabes, judaicas e cristãs.

Entre palácios, jardins e mesquitas, sinagogas e igrejas católicas, há também uma gastronomia riquíssima de cariz eminentemente mediterrânico para descobrir!!

Vamos explorar uma das mil e uma propostas de tapas que a região propõe!! Ovos à flamenca!!

 

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de azeite;
  • 1 dente de alho picado;
  • 1 cebola média picada;
  • 120 g de presunto cortado em fatias finas
  • 120 g de linguiça cortada em pedaços;
  • 700 g de tomate fresco picado;
  • ½ colher de chá de paprika;
  • 6 colheres de sopa de vinho branco;
  • 1 colher de sopa de salsa picada;
  • Sal e pimenta do reino qb;
  • 8 ovos grandes;
  • 8 espargos cozidos;
  • ½ chávena de chá de ervilhas cozidas;
  • 1 pimento assado e cortado em fatias.

 

Modo de preparação

Aqueça o azeite numa frigideira e refogue levemente o alho e a cebola e lume médio. Acrescente o presunto e a linguiça de deixe cozinhar por breves instantes. Retire a linguiça do preparado e reserve.

Acrescente o tomate, a paprika, o vinho, a salsa e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 15 minutos.

Entretanto pré-aqueça o forno a 230 graus.

De seguida, distribua o preparado de tomate em 4 cazuelas (taças de barro redondas) com cerca de 15 cm. Acrescente a linguiça, os espargos, as ervilhas, o pimentão e 2 ovos inteiros.

Leve ao forno durante 5 minutos.

Servir acompanhado com um belo vinho tinto.

 

BOM APETITE!! BOA VIAGEM!!

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code