“Pelos Caminhos do Mundo”… em diferentes registos de viagem

2 Replies

NOTÍCIAS

Ribeirão, Famalicão, juntou viajantes com boas histórias para partilhar…

O convite surgiu da Leonor. A meias com o Manecas, que ainda não tivera o prazer de conhecer. ‘Em Contramão’ é o seu projeto online, com presença @em-contramao no instagram, e que começou com uma estimulante viagem de vários meses pela Ásia.

O evento Conversas Partilhadas foi subordinado ao tema “Pelos Caminhos do Mundo”. Além de Bornfreee, também contou com a participação do psicólogo Raul Manarte (@raul.manarte), que se assume como humanitário, músico e fotógrafo e que é um dos elementos que inspira a um melhor futuro, destacando-se a sua participação no HuBB – Humans Before Borders.

Leonor, a mais curiosa e participativa de toda a entusiasta plateia.

Raul mostrou casos de grave desumanização no planeta – em algumas situações, com medidas e dinheiros provenientes da União Europeia, de todos nós – incentivou ao apoio a ONG’s, ao ativismo online e a tudo o que nos possa impelir a agir, não apenas lamentar.

As imagens e vídeos exibidos revelaram tanto de crueldade quanto de indiferença, quanto mais não seja pela nossa confortável passividade.

Leonor e Manecas enveredaram por uma viagem de vários meses pelo sudoeste asiático, encarnando a aventura que muitos sonham, mas que nem tantos assim a concretizam. Pelo seu expressivo testemunho, percebe-se que o mais difícil é mesmo decidir-nos a… partir. De resto, não pode haver melhor investimento.

Partilharam fotos, distribuíram sorrisos e inspiraram-nos com histórias que nos fazem desejar replicar a sua jornada, diferenciando os países mediante as tuas vivências.

Bornfreee confessou algumas das histórias em viagem, destacando-se aquelas em que o “calo” nos diversos cantos do Mundo ajudaram a resolver problemas e desafios de trabalho em destinos mais complicados logística e culturalmente.

Parabéns ao Clube de Cultura e Desporto de Ribeirão pela iniciativa. Vemo-nos por aí…

Rui Barbosa Batista
Um mix de jornalista, líder e cronista de viagens, cumpri em 2016 uma centena de países no currículo. Cobri noticiosamente os Jogos Olímpicos na China, o Mundial de futebol na África do Sul e na Rússia ou os Jogos Europeus no Azerbaijão, mas o que me apaixona verdadeiramente são as pessoas e tudo o que (ainda) não conheço. Aventuras em inóspitos desertos, desafiantes glaciares, imponentes vulcões ou sublimes fiordes juntam-se ao doce prazer de cidades charmosas, países remotos e culturas exóticas. De tudo um pouco é feita a minha experiencia no globo. Continuamos juntos?

2 comments

  1. Andrea

    Que bacana o evento, acredito que contar histórias ajudam a inspirar novos sonhos e humanizar um pouco mais este mundo que anda ficando tão gelado.

    1. Rui Batista Post author

      Nem mais, Andrea. O Mundo bem que precisa de mais humanismo… não sei o que está a acontecer, mas não aprecio o caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code