Table Mountain, a imponente ‘marca’ da Cidade do Cabo

Table Mountain, a imponente ‘marca’ da Cidade do Cabo

casal table mountain

A Table Mountain tem algo de português: e é a imagem da Cidade do Cabo.

vertiginosa table mountain

Já tinha sentido a emoção de estar a seus pés, porém sem conseguir trepar ao seu dorso, de onde a vista pode alcançar o Mundo. De onde a minha mente pode enganar-me, fazendo-me sentir um verdadeiro explorador, ao mais belo estilo dos conquistadores portugueses que por cá andaram: sim, António de Saldanha, em 1503, foi o primeiro europeu a trepar por esta encosta, descobrindo um caminho mais suave – entre os desfiladeiros, na garganta de Platteklip – que ainda hoje é usado por quem tem horas sem tempo e energia para investir. Não é o meu caso. O explorador luso talhou a cruz que ainda hoje se pode ver perto da Cabeça do Leão.

Para estarmos sintonizados, deixo-te uma informação: sabias que a Table Mountain (Montanha da Mesa) é uma das sete maravilhas naturais do Mundo?

As cataratas de Iguaçu, entre a Argentina, Brasil e Paraguai, a baía de Halong, no Vietname, e a Table Mountain são as três que já tive o privilégio de visitar – a sul-coreana ilha de Jeju ficará para o final dos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

ave table mountain

Para completar o ramalhete, a floresta e rio Amazonas (Brasil, Colômbia, Bolívia, Equador, Peru, Guiana, Suriname, Venezuela e Guiana Francesa), o parque nacional Puerto Princesa, com o rio subterrâneo, nas Filipinas, e a indonésia ilha Komodo.

O enamoramento vem de 2010, aquando do Mundial da África do Sul, nas duas vezes em que a seleção de Portugal me trouxe à Cidade do Cabo. A imponente Table Mountain é, como se sabe, a sua grande imagem de marca. TODOS a querem subir e isso deixou-me sem tempo de ser bem-sucedido, uma vez que a falta de liberdade, face aos exigentes compromissos profissionais, foi o suficiente para não poder cumprir com o desejo. Cheguei a estar na base do teleférico, mas a interminável fila desencorajou-me.

Volvida uma década, eis que surge o convite da embaixada da África do Sul em Portugal e do turismo do país… e cá estou, num registo bem distinto, até porque não há um grande evento internacional a decorrer nem estamos no fim de semana.

lions head table mountain

Cá de baixo a visão é mesmo admirável. O teleférico sobe quase a pique e, panorâmico, faz-nos descobrir a Cidade do Cabo à medida que vamos subindo. Toda a ampla baía se vai insinuando ao nosso olhar, até que, demasiado rápido para a nossa vontade, chegamos.

Os ‘míticos’ Lyon’s Head e Devil’s Peak sobressaem nas extremidades, tornando-se nomes conhecidos de quem cá vem. Vou identificando alguns – há placas explicativas por todo o lado -, quase por acaso, porém não estou preocupado em encontrar o ‘wally’.

Vou dar a volta a parte do imenso maciço, um planalto de uns três quilómetros de comprimento com o ponto mais alto a 1084 metros, e as vistas são fascinantes, qualquer que seja o ângulo. A ‘montanha da mesa’ é impressionante contemplada desde baixo, mas lá das alturas tudo é mais estimulante, naturalmente. A diferente forma como a luz incide na paisagem desafia o olhar fotográfico.

Pena o fogo que há uns anos devastou a flora e afastou a fauna. Já não há vestígios visíveis da tragédia, contudo a natureza ainda não recuperou totalmente. Não haver babuínos, como no passado, e que andam espalhados pelas montanhas próximas, ajuda a que o visitante se foque no essencial e menos no habitual ‘circo’ em torno dos animais que muitas vezes têm de lidar com humanos-selvagens, que não entendem a natureza e são incapazes de ver os seus interesses, acima de tudo.

casa table mountain

Tudo isto que me rodeia faz parte de um amplo parque nacional que leva o seu nome… e encerra em si múltiplas paisagens que nos fazem suspirar.

Sobre a nossa cabeça, nas escarpas rochosas ou escondidos entre pequenas lagoas ou arbustos, há inúmeros animais, destacando-se o ‘dassie’(Damão do Cabo). Cobras, mangustos, diversos tipos de aves, porcos-espinhos, lagartos e até tartarugas andam por estas paragens. Tal como o ‘caracal’, um gato selvagem. E uma espécie endémica e rara, que somente aqui encontramos, o sapo fantasma da Table Moutain.

Aqui podemos encontrar as quatro estações do ano num só dia. Se tivermos sorte, e enquanto estamos cá em baixo, no centro urbano, podemos ver como nuvens orográficas avançam, envolvendo o maciço rochoso como um místico veludo. A lenda atribui esse fenómeno a uma competição de fumadores entre o diabo e um pirata local chamado Van Hunks. Quando a ‘toalha’ de nuvens aparece, estamos perante o dito concurso. Por agora, esqueço as lendas e limito-me a contemplar o belo infinito. Sonho já com a costa recortada que me levará ao ‘português’ Cabo da Boa Esperança…

*** BORNFREEE viaja a convite da Embaixada da África do Sul em Portugal ***

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Explore mais

30 Comments

  1. Ruthia

    Planeei uma viagem à cidade do Cabo no verão passado, que acabou por não se concretizar. Uma pena. Mas um dia vou apreciar essa vista maravilhosa.
    Abraço

    1. Rui Batista

      Ruthia, a rota da cidade do Cabo ao Cabo da Boa Esperança é das mais belas – e selvagens – que conheço. Sucedem-se os paraísos que importa visitar 🙂

  2. Cintia Grininger

    Que fascinante esse lugar! Sem dúvidas a Table Mountain tem uma geografia ímpar. Adorei os detalhes históricos, com a cruz entalhada pelo explorador português.

    1. Rui Batista

      Cintia, há muita história portuguesa por toda a África. Encontrei, lá em cima, igualmente uma grande família de brasileiros 🙂

  3. Clara Amorim

    Que belíssima e apetecível descrição…!
    E ainda algumas notas históricas de grande importância!
    20 valores ❤️
    E um grande abraço, Rui!

    1. Rui Batista

      20 valores para ti, Clara Amorim 🙂 Por seres ÚNICA na forma de estar desse lado… bksss…

  4. Vitor Martins

    Um lugar fantástico que adoraria pisar um dia! Obrigado pelas dicas.

    1. Rui Batista

      Vitor Martins, é das melhores e mais estimulantes áfricas… tem tudo 🙂

  5. Sil Mendes

    Adorei esse post sobre Table Mountain. Sempre aprendo com seus posts, pelo seu cuidado com os detalhes e ainda descubro lugares novos. Adorei

    1. Rui Batista

      Sil Mendes, mete toda a zona na tua lista de desejos… e não te vais arrepender 🙂

  6. Suriàn

    Adorei estas dicas e à vista incrível de cima da montanha. Obrigada por compartilhar dicas tão preciosas

    1. Rui Batista

      Suriàn, a Table Mountain é realmente um lugar muitooooo especial 🙂

  7. Igor Augusto

    Excelente o texto! Muito a aprender! Não sabia muito sobre o que falou! Cape Town é a minha cidade favorita no mundo. Table Montain é absolutamente sensacional.

    1. Rui Batista

      Wowwww… Igor, isso é muita responsabilidade para a cidade 🙂 Agora há que “dominar” a Table Mountain. Uma belíssima poltrona para o Mundo…

  8. Itamar Japa

    Maravilhosa narrativa de um passeio igualmente maravilhoso! Me delicio com o texto enquanto imagino a rápida subida e a observação de tão bela paisagem!

    1. Rui Batista

      Itamar… passe no instagram @_bornfreee_ onde pode ver mais fotos e vídeos desta experiência…

  9. Angela C S Anna

    eu estava com viagem planejada a africa do sul, mas infelizmente deu tudo errado e não consegui visita-la ainda. a table mountain é um destino imperdivel, a vista é simplesmente sensacional, que incrivel é a natureza

    1. Rui Batista

      Angelaaaaa… é favor continuar com os planos!! A África do Sul é sensacional, a Cidade do Cabo super-especial e a Table Mountainnnnnn.. soberba :)))

  10. Diego Cabraitz Arena

    Sensacional essa vista eim! Com certeza não pode ficar de fora do roteiro!
    A Africa do Sul esta no meu radar! Assim que aparecer uma promoção comprarei

    1. Rui Batista

      Diego… é mesmo para não adiar a possibilidade de visitar este incrível país. Tem IMENSO para ver, em todas as áreas de interesse…

  11. Ana Carolina

    Que vista maravilhosa!!! Certamente visitar a Table Moutain é um dos pontos altos de uma viagem até a Cidade do Cabo. Ótimo artigo

    1. Rui Batista

      Sim, um dos pontos obrigatórios na Cidade do Cabo e numa visita inesquecível à África do Sul 🙂

  12. Fernanda Scafi

    Maravilhoso esse passeio né? Consegui subir na minha 2a tentativa pq na 1a vez estava ventando demais e o bondinho fechou quando eu estava na fila! Sempre recomendo que as pessoas tentem o mais cedo possível na viagem pra não deixar de conhecer caso o tempo não colabore muito…

    1. Rui Batista

      Fernanda, essa dica é bem importante, pois é um crime falhar essa incrível subida e experiência…

  13. Lulu Freitas

    Que lindo lugar!!! Não por acaso uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo. Com certeza um programa imperdível na Cidade do Cabo como sempre muito bem descrito por você.

    1. Rui Batista

      Lulu… simplesmente ADOREI e sei que hei-de voltar 🙂 É dos lugares para visitar mais do que uma vez na vida…

  14. Michelle

    Amo Cape Town, é um lugar lindo demais! E visitar a Table Mountain é imperdível, até poruqe você a vê de todo lugar da cidade, como não querer subir, né?

    1. Rui Batista

      Nem mais, Michelle 🙂 Por isso imaginas o meu trauma quando lá estive em 2010 no Mundial e não consegui subir… tive de voltar 🙂 E estou certo de que não foi a minha última vez…

  15. Mariana Menezes

    Quanta imagem de tirar o fôlego da Table Mountain! Uma beleza natural que eu gostaria muito de conhecer. Tenho muita vontade de ir à África do Sul. Me parece um lugar muito interessante!

    1. Rui Batista

      Mariana, sem dúvida que é um lugar incrível… como a Cidade do Cabo e todo o belíssimo trajeto até ao Cabo da Boa Esperança…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *