MESTIA já tem legado português

MESTIA já tem legado português

Os museus de Mestia mostram as belas histórias da região. Os visitantes (ainda) escasseiam, mas o etnográfico ombreia em modernidade e bom gosto com qualquer um do seu tamanho de toda a metrópole do planeta. A futura pista de ski, alegadamente pronta em quatro anos, dará outra vida e ritmo à muito bem conseguida instituição.
Há um restaurante-bar na praça principal que reúne outro tipo de ‘história’. Conta um pouco sobre os que o visitam e se encantam por estas fantásticas paragens. É aí que entra o primeiro grupo BornFreee Experience. Debate ao saborosíssimo almoço (um dos melhores desta saga) sobre algo que nos identifique. Que conte um pouco da nossa história.
A bandeira de Portugal. A Torre dos Clérigos, a ponte D. Maria, um barco Rabelo e uma garrafa de vinho do Porto foram candidatos assumidos. Grande discussão. And the winner is… O galo de Barcelos!
A Isabel tem uma foto da colorida estátua no centro histórico da cidade. E a Ana tem um traço firme e fiel. No fim, uma verdadeira e original obra de arte. A parede fica com uma crista sui generis, feita de pétalas de rosa. Há espaço para notas musicais e referência ao Porto.
“Sem dúvida, uma intervenção singular”, admite a gerente. Depois do brilho, nada como mudar de paragens. Embora custe deixar este paraíso despedir-se lentamente do nosso olhar….

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Explore mais

Lançamento livro

“BORN FREEE – O Mundo é uma Aventura”

Este é o primeiro livro de um autor português, Rui Barbosa Batista, que nos leva a viajar por mais de 50 países, dos cinco Continentes, não em formato de guia, mas antes em 348 inspiradoras páginas, 24 das quais com fotografias (81).