Património Mundial da UNESCO, é uma cidade extremamente isolada ao centro/norte da Etiópia. Tem estatuto internacional pelas suas 11 igrejas monolíticas, esculpidas na rocha.Decorria o século XII quando o rei Lalibela as mandou construir. Tudo por causa de um ‘sonho’ com Deus, que lhe transmitiu a missão. Àquela altura, os cristãos tinham por tradição visitar ao menos uma vez na vida a cidade de Jerusalém (como hoje os muçulmanos fazem com a cidade de Meca, o seu centro religioso). Como Jerusalém estava dominada pelos árabes, os cristãos não podiam exercer essa tradição. Assim, enquanto os católicos europeus se viraram para Roma, Lalibela decidiu construir uma réplica de Jerusalém no seu reino.A Etiópia tem uma das mais antigas tradições cristãs. Para os seus fiéis, de tradição copta, a peregrinação a Lalibela tem o caráter de uma viagem a Jerusalém..

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Explore mais

Lançamento livro

“BORN FREEE – O Mundo é uma Aventura”

Este é o primeiro livro de um autor português, Rui Barbosa Batista, que nos leva a viajar por mais de 50 países, dos cinco Continentes, não em formato de guia, mas antes em 348 inspiradoras páginas, 24 das quais com fotografias (81).