Não há despertar assim…

Não há despertar assim…

Restam poucas estrelas. A lua está no enfiamento do meu olhar. As cabanas são moldadas pelas sombras que vão cedendo a vontade da cor. Muito lentamente, os tons ganham vida. Firmeza. Nitidez. Castanhos. Beges. Cinzentos. Pastel. Quando um galo surpreende com o toque a despertar, já tenho várias cabras a rondar a palhota sobre a qual durmo. Umas 15 jovens saltitarem em brincadeira madrugadora.Há sombras humanas a moverem-se na escuridão que vai sendo vencida pelo poder do astro rei. A brisa que gelou a noite volta a ser mais serena. Pronto a atacar o dia com um esgar de rosto que não esconde um estado de espírito de plenitude..

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Explore mais

Lançamento livro

“BORN FREEE – O Mundo é uma Aventura”

Este é o primeiro livro de um autor português, Rui Barbosa Batista, que nos leva a viajar por mais de 50 países, dos cinco Continentes, não em formato de guia, mas antes em 348 inspiradoras páginas, 24 das quais com fotografias (81).